sábado, 29 de janeiro de 2011

Um par de ouvidos, eu preciso.

'Esta coisa terrível de não ter ninguém para ouvir o meu grito.
Esta coisa terrível de estar nesta ilha desde não sei quando.
No começo eu esperava, que viesse alguém, um dia.
Um avião, um navio, uma nave espacial.
Não veio nada, não veio ninguém.
Só este céu limpo, às vezes escuro, às vezes claro,
mas sempre limpo, uma limpeza que continua
além de qualquer coisa que esteja nele.
Talvez tudo já tenha terminado
e não exista ninguém mais para lá do mar mais longe que eu vejo.'

Caio F. Abreu

Esse fragmento do caio é só pra registrar que hoje eu só preciso de um par de ouvidos...

3 comentários:

  1. Olá, tudo bem?
    Por favor, TODOS OS TEXTOS DESSE BLOG SÃO MEUS http://danilocechinatto.blogspot.com/
    ME AJUDE! DEIXE UM COMENTARIO PARA QUE O MESMO SEJA EXCLUIDO.
    PLAGIO É CRIME, E VC COMO ESCRITOR DEVE ME ENTENDER!!
    OBG, LUARA!

    ResponderExcluir
  2. OLA.
    GOSTEI BASTANTE DO SEU BLOG E VOU SEGUIR COM CERTEZA.
    GOSTARIA MUITO QUE ME VISITASSE E SEGUISSE:
    WWW.AMORIMORTALL.BLOGSPOT.COM
    BEIJOS

    ResponderExcluir